Caixa sorteia quase 700 unidades do Minha Casa, Minha Vida em Ilhéus

“Eu creio”, bradou emocionada, Ingrid Silva, de 29 anos, em pleno sorteio eletrônico na sede da Superintendência Regional da Caixa Econômica Federal. Ela foi uma das contempladas do Residencial Vilela, projeto concluído do Minha Casa, Minha Vida, na zona oeste de Ilhéus. Ela disse que a casa própria será a concretização de um sonho alimentado por anos. “Finalmente sairei do aluguel e poderei dar um futuro melhor para a minha filha”, completa.

Na área de habitação popular, a atual gestão da Prefeitura de Ilhéus inicia o sétimo mês com a conclusão de mais uma obra habitacional, por meio do convênio com a Caixa Econômica Federal. Ao todo, foram construídas 1.256 unidades residenciais das quais, 656 são para o Residencial Vilela, no bairro Teotônio Vilela e mais 600 no Residencial Rio Cachoeira, construído no Banco da Vitória, este, na fase final de verificação dos inscritos para futuro sorteio. Na tarde de ontem (10), em solenidade na Superintendência da Caixa, o prefeito Mário Alexandre, acompanhado de sua equipe de trabalho, assistiu ao sorteio eletrônico. Pela ordem do sorteio, dos 656 beneficiados desta etapa, 20 moradias foram destinadas para Pessoas com Deficiência (PCD) e 126 para idosos.

Sonho realizado – A história da dona de casa Bonnie Santos Silva, de 32 anos, difere da história da jovem Ingrid. Bonnie está entre as 66 famílias atendidas pela Defesa Civil e pela secretaria de Desenvolvimento Social (SDS), que se encontravam em áreas de risco, a exemplo do Banco da Vitória, com alagamentos devido às fortes chuvas ocorridas de maio a julho. “Onde moro atualmente, não tenho como sequer mobilhar minha casa. Hoje me sinto feliz, afinal, agora terei o meu cantinho, meu conforto como sempre sonhei”, comemorou. O coordenador da Defesa Civil, JoandreNere, relembrou da luta e do sofrimento das famílias que estavam nas áreas de risco. “Juntamente com a SDS, procuramos fazer o melhor para que estas famílias fossem assistidas com dignidade. Saímos daqui felizes com mais este avanço, sem apadrinhamentos, na legalidade” disse.

Auditoria – Nos meses de março e abril, a SDS realizou a pedido do prefeito Mário Alexandre, uma auditoria nos dossiês dos pré-selecionados do Programa Minha Casa Minha Vida, dos conjuntos habitacionais do bairro Teotônio Vilela, e Rio Cachoeira, no Banco da Vitória. O objetivo foi garantir que os beneficiários fossem de fato os que precisavam de moradia e se enquadravam no perfil socioeconômico de vulnerabilidade social, realizando visita técnica e pesquisa imobiliária, a partir da inscrição do IPTU e entrega de documentos que comprova-se as informações declaradas no ato da inscrição, já que, a lista dos pré-selecionados tinha sido publicada no dia 28 de dezembro, na época de transição do governo.

O prefeito destacou que sua administração está trabalhando para captar investimentos para a construção de mais unidades habitacionais em conjunto com os governos federal e estadual, a exemplo do Residencial Vilela que está pronto, esperando os trâmites finais para a entrega das chaves. “Além de diminuir o déficit habitacional da cidade, as obras também geraram milhares de empregos na construção civil”, disse o prefeito de Ilhéus.

 

Parceria – O superintendente regional da Caixa, Marcos Vinicius Nascimento, disse que o Minha Casa, Minha Vida começa apenas com o orçamento e, após isso, os avanços acontecem etapa por etapa. Com isso, a Prefeitura Ilhéus passa a figurar na seleta lista de municípios baianos que contrataram e entregaram empreendimentos habitacionais, dando direito de moradia para quem realmente precisa. “Hoje é dia de colher o fruto. Mais uma parceria bem sucedida com a Prefeitura, em decorrência não só na contratação, mas na entrega dos imóveis. Mais importante que contratar é entregar as chaves às pessoas que vão morar na sua casa própria”, assinalou.

O superintendente afirma ainda que os avanços na habitação estão gerando empregos e a construção de conjuntos planejados, com água, esgoto sanitário, áreas de lazer, praças poliesportivas, parques infantis. Para Marcus Vinicius também há ganhos indiretos para a economia com os fornecedores de materiais como areia, cimento, ferragens. “Há um ciclo virtuoso que a todos beneficia”, completou.

O ato contou ainda com a presença do vice-prefeito e secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, José Nazal Pacheco Soub; além dos secretários municipais de Infraestrutura, Transporte e Trânsito, Hermano Fahning; de Governo, Alisson Mendonça; da deputada estadual, Ângela Sousa; do coordenador da Defesa Civil de Ilhéus, JoandreNere, além do coordenador do setor de Habitação, Welder Santos e equipe. A solenidade contou também com a participação do gerente regional da Caixa, Alberto Catarino Neto e do representante Antônio Vinicius Cruz, além de beneficiários do novo residencial, dentre outras autoridades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *