Lavagem do Beco do Fuxico já dá a Itabuna o gosto de Carnaval

Água jorrando, baianas lavando o Beco do Fuxico, blocos tradicionais resgatando marchinhas eternamente gravadas na memória. Assim Itabuna iniciou ontem (18) mais uma temporada de Carnaval antecipado. A chave da cidade foi entregue pelo prefeito Fernando Gomes ao Rei Momo (Eduardo Brito). Daí em diante, está sacramentado: é só folia! A festa, promovida pela prefeitura, … Leia Mais


Anunciado edital do concurso da Polícia Civil; serão mil vagas

A Secretaria da Administração do Estado (Saeb) publica, nesta sexta-feira (19), no Diário Oficial do Estado (DOE), o Edital Saeb 01/2018 de abertura de inscrições para o concurso público da Polícia Civil da Bahia. O anúncio foi realizado pelo governador Rui Costa, na quinta (18), durante o #PapoCorreria, transmitido ao vivo pelas redes sociais. “Fiquem … Leia Mais


Casados I…Responsáveis cai na folia com homenagem a Eduardo Anunciação

  “Fazendo amigos brincando”. É com este lema que o bloco Casados I… Responsáveis traz a inconfundível bateria num 49º ano de presença no Carnaval de Itabuna. O grande homenageado da vez é um dos fundadores e folião assíduo, na trajetória da agremiação: o saudoso jornalista Eduardo Anunciação. Outdoors com a imagem dele, devidamente paramentado … Leia Mais


Operação Carnaval com Saúde no Itabuna Folia 2018

Numa força-tarefa que envolve mais de 50 pessoas, a Secretaria de Saúde de Itabuna realiza, desde segunda-feira (15) a Operação Carnaval com Saúde. O objetivo é informar sobre cuidados essenciais na programação do Itabuna Folia 2018. A festa, vale lembrar, acontecerá nas Avenidas Aziz Maron, Mário Padre e também prevê o momento cultural e de … Leia Mais


Do pagode à arrochadeira, NaBruxa é puro axé

Heider tá com “NaBruxa” solta, mas para levar alegria, hein?

Uma turma que está sempre presente em festas particulares, bares e agitos por Itabuna é a da NaBruxa. A banda começou em 2008, mas desde o ano passado, vem passando por mudanças. Sabe aquele percussionista do grupo, conhecido como “Dendê” no universo da capoeira? Pois então. Heider Pereira assumiu o vocal da banda, que mistura pagode com arrochadeira.

O rapaz, junto com os percussionistas Emerson da Hora e Valdomiro Costa (Biba), o tecladista Luan Costa, mais o casal dançarinos Tales Pancadinha e Andréa Morena, vem ganhando a estrada. Eles misturam o tripé axé, autoestima e interação, trazido das rodas da capoeiragem, para assinar um slogan bastante convidativo: “Onde tiver balada, NaBruxa quer marcar presença”.

Uma participação confirmada esta semana é no Carnaval de Itabuna, puxando o bloco Naufragados, com saída do bairro Santo Antônio. Na folia oficial, levarão “quebradeira com sofrência” até Itacaré, Canavieiras e Lençóis.

 CD em preparação

A banda NaBruxa prepara o 5º CD, a ser lançado após o Carnaval. O disco traz músicas inéditas, como “Abre, abre”, “Bichinho de estimação” e “No grau”. Para mostrar que a raiz está mantida, relembra músicas próprias, como “Na Bruxa” (composição do ex-vocalista William Pacheco) e “Mete, mete” (de Renatinho Pica-pau).

Completando os futuros hits, regravações de outras bandas. É o caso de “Tomando Sarrada”. A banda aposta neste novo trabalho para seguir viagem por aí. Afinal, já tocou em outros estados, como Minas Gerais e Pernambuco, além de cidades circunvizinhas, a exemplo de Canavieiras e Ilhéus.

Quem estiver afim de contratar o som da NaBruxa pode telefonar para 98888-2827 e 98824-9234.


Escola de Ilhéus oferece curso de atendente de farmácia

Atendente de Farmácia e Drogaria é o mais novo curso lançado pelo Instituto Mix de Profissões, franquia de Ilhéus, na Avenida 2 de Julho, próximo ao Bataclan. Contatos para inscrições podem ser feitos por ZAP (73.99128-7156/98800-3897) e fone 73.3231-3994.

Com aulas práticas e teóricas, os alunos serão preparados para o tão exigente mercado de trabalho, que necessita não apenas de vendedores de medicamentos, mas de profissionais com boa formação sobre o corpo humano, suas patologias e medicamentos para cada caso.

O Instituto Mix, com escolas profissionalizantes espalhadas por todo o país, tem qualificado mão-de-obra nas áreas de Saúde, Administração, Construção, Civil, Tecnologia, Beleza e Gastronomia.

Os cursos mais procurados são Massoterapia, Culinária, Confeitaria, Cabeleireiro, Barbeiro, Maquiagem, Instalação e Manutenção de Ar-condicionado. Oitenta por cento das aulas são práticas. Ao final, o aluno recebe certificado reconhecido pela LDB (Lei de Diretrizes e Bases). Fica, portanto, pronto para conseguir um emprego.

 

 


Milton Veloso deixa legado de luta pelo comércio de Itabuna

Milton Cavalcante Veloso está entre os ícones da história de Itabuna

Uma palavra que eternamente definirá a lembrança do empresário Milton Veloso é disposição. Ele faleceu na madrugada de hoje (16), aos 89 anos, em Salvador. Após uma temporada morando com familiares no Rio de Janeiro, passava férias na capital baiana. Mas deixou em Itabuna, a terra natal, o exemplo de uma figura que lutou, com extrema coragem e vigor, pelo comércio da cidade.

Fundou a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), entidade até hoje marcada pela criatividade e pelas ações de combate a qualquer eventual crise. Aí está uma semente deixada por Milton Veloso. O empresário, dono da famosa e sempre procurada loja Doll Modas (que funcionou até 2000), também foi presidente da Associação Comercial de Itabuna, instituição que fazia questão de prestigiar.

Quando ainda vivendo na cidade sul-baiana, Veloso era figura sempre presente no Seminário de Marketing promovido anualmente pela ACI, no auditório da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). Em todas as edições, lá estava ele na primeira fileira, para colher dos palestrantes as novidades que pudessem contribuir com a pujança do comércio local. Ao final, curioso, fazia indagações, para esclarecer qualquer dúvida.

O corpo ficou de ser cremado ainda na terça, às 16h30min, no Parque Bosque da Paz, na Avenida Aliomar Baleeiro, na Nova Brasília, em Salvador. Sobretudo para os mais jovens e para a filha Laura, fica a herança de um homem cotidianamente capaz de recomeçar, acreditando no melhor e, principalmente, lutando para que este aconteça.

Nota de Pesar

A classe empresarial itabunense está de luto nesta terça-feira, 16, pelo falecimento do empresário Milton Veloso. Personalidade marcante para o segmento, ele foi presidente da Associação Comercial e Empresarial – ACI nos biênios de 1993-1995 e 1995-1997 e tornou-se um dos gestores mais queridos entre funcionários e a diretoria da entidade.

Em nome dos empresários, o atual presidente da ACI, Sérgio Velanes apresenta os sentimentos aos familiares e amigos neste momento de perda. Que Deus abençoe e ilumine a todos.

 


Fernando Gomes atribui atraso de servidores a “porrada” recebida de Azevedo e Vane; pagamento previsto até sexta

Fernando Gomes reuniu imprensa e autoridades, para tratar sobre o Carnaval antecipado de Itabuna (Foto: Tayná Borges)

Durante reunião para anunciar a programação do Carnaval antecipado de Itabuna, o prefeito Fernando Gomes informou que o pagamento dos servidores – os que ainda estiverem pendentes – será feito até as 14 horas de sexta-feira (19). Questionado pelo Diário Bahia qual foi o “plano B” adotado por ele, para que o funcionalismo curtisse a folia com salário na conta, ele revelou:

“Economizando dinheiro. O que chega de arrecadação é pra pagar os funcionários. Atrasa o que pagar posto de gasolina, mas os funcionários tem que pagar em dia”. De acordo com o prefeito, até a manhã de hoje (15) tinham sido pagos os salários do pessoal da Saúde, alguns da Educação e Sedur (Secretaria de Desenvolvimento Urbano).

O prefeito reiterou o que vinha dizendo há dias, sobre as razões que levaram à irregularidade na quitação da remuneração de servidores. “Foram tirados mais de R$ 5 milhões pra pagamento de INSS e FGTS. Eu precisava legalizar, porque o município estava inadimplente. Fomos penalizados, não pudemos assinar um convênio de R$ 20 milhões pra obras nos bairros. O município estava inadimplente e eu não podia assinar convênio nenhum”, argumentou.

Ele aproveitou o momento para dar uma cutucada nos antecessores. “O que deixaram no passado foi não pagar FGTS… Seu Azevedo e seu Vane… Fizeram um parcelamento em 2013, não pagaram nada e eu recebi essa porrada”, afirmou, num estilo bem peculiar.


Durval Lelys abre e Cláudia Leitte encerra Carnaval de Itabuna

Durval Lelys arrasta a massa com sucessos eternos do axé

A programação do Carnaval antecipado de Itabuna foi anunciada há pouco, durante reunião conduzida pelo prefeito Fernando Gomes, no gabinete municipal. Após a tradicional Lavagem do Beco do Fuxico, marcada para quinta-feira (18), a folia nas avenidas Mário Padre e Aziz Maron será de sexta (19) a domingo (21). O primeiro a puxar o trio, lembrando os tempos de Asa de Águia, será o cantor Durval Lelys.

A sexta também ferve com a mistura do Babado Novo (e a itabunense Mari Antunes), a batida inconfundível de Denny (Ex-Timbalada), o pagode do grupo Duas Medidas e o arrocha irreverente de Neto LX.

No sábado (20), a energia do axé de Saulo Fernandes, o sacode arrochado de Trio da Huanna, a quebradeira da Patrulha do Samba, mais as caras novas e já estouradas de Marco e Pablo.

O último dia de festa, domingo, tem uma das estrelas do axé, nacionalmente famosa, Cláudia Leitte, uma dose de sofrência com Daniel Vieira, o trá-trá-trá da itabunense Vingadora, que já ganhou fronteiras além do Brasil, e o balanço do Samba do Beco.

Segundo Fernando Gomes, oito das 11 atrações serão custeadas pelo governo do estado. A prefeitura, através da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (Ficc), arcará com três bandas. O gestou informou, ainda, que a festa na sexta-feira seguirá impreterivelmente até 1 hora da madrugada seguinte; no sábado, 1h30min. Por fim, no domingo, os trios param à 1 hora.

A reunião foi acompanhada pelo presidente da Ficc, Daniel Leão, vice-prefeito Fernando Vita, além de integrantes das polícias Civil, Militar, Corpo de Bombeiros e outros integrantes do governo municipal.

Cláudia Leitte, entre as estrelas da nova geração do axé, canta no último dia de folia

GAPA põe “bloco da prevenção” na rua durante Carnaval de Itabuna

O Gapa escalou um exército pela prevenção no Carnaval

O Gapa (Grupo de Apoio à Prevenção da Aids) colocará uma verdadeira escolta em nome da prevenção no Carnaval antecipado de Itabuna. A partir de quinta-feira (18), haverá distribuição de preservativos masculino e feminino, material informativo e orientação aos foliões sobre a importância de se proteger contra as ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis)/HIV.

Segundo Suse Mayse Moreira, presidente do Gapa, o trabalho terá início na lavagem do Beco do Fuxico e continuará até o encerramento da festa. Nesse período, equipes irão estarão à disposição em diversos pontos de acesso do Carnaval.

“O objetivo é conscientizar a população, principalmente os jovens, sobre os riscos aos quais eles estão submetidos, principalmente no período de festas, onde o uso do álcool e outras drogas interferem na noção de vulnerabilidade”, assinala Suse Mayre.


Domingo de pista livre para atividades de esporte e lazer em Ilhéus

No ano passado, o projeto fez sucesso

O “Projeto Saúde, Lazer, Esporte e Movimento” prossegue, neste domingo, dia 14, a partir das 7 horas, na Avenida Soares Lopes, centro de Ilhéus, com pista livre para os adeptos de caminhadas, exercícios físicos, ciclismo e outras atividades esportivas. Em um palco montado nas proximidades da Catedral de São Sebastião, haverá aulas de zumba, axé e aeróbica.

Na oportunidade, a secretaria municipal de Saúde instalará um posto de atendimento básico, com serviços de aferição de pressão e outros. O projeto, coordenado pela Secretaria de Turismo e Esportes (Setur), integra a programação especial de verão em Ilhéus e conta também com o apoio da secretaria de Infraestrutura, Transportes e Trânsito, através da Sutran, que contribui com o ordenamento do tráfego.

O projeto acontece sempre aos domingos. Neste dia 14, as aulas de zumba e axé serão ministradas pelos professores Jujuba e TôaTôa, da Academia Vip. Segundo informações do coordenador de Esportes da Prefeitura, Danilo Rabat, os tradicionais espaços esportivos da Avenida terão partidas de futebol de areia, vôlei e futevôlei.

Rabat disse que o projeto é importante porque estimula o lazer e o esporte, integrando a população local e os turistas, além de ser um evento que comporta a participação de toda a família, com crianças, adultos e idosos.

 

 


Puxada do Mastro reúne nativos e turistas até domingo em Ilhéus

Uma tradição de séculos em Ilhéus (Fotos: Clodoaldo Ribeiro/Arquivo)

A secular festa da Puxada do Mastro de São Sebastião, considerada um dos mais importantes eventos do calendário turístico de Ilhéus, acontece em Olivença, de 11 a 14 deste mês. A realização é da prefeitura, através das secretarias de Turismo e Esporte (Setur), Cultura (Secult) e Saúde (Sesau), e Associação dos Machadeiros, com o apoio das polícias Civil, Militar e Rodoviária da Bahia. Além dos festejos indígenas e religiosos, a parte profana do evento conta com a participação das bandas locais que vão fazer o agito desde a última quinta-feira até domingo.

No domingo (14), o ponto alto da festa, a programação começa às 5 horas da manhã, com alvorada. Na sequência, são realizadas diversas celebrações em frente à Igreja Nossa Senhora da Escada, na Praça Cláudio Magalhães, com ritual indígena e a bênção dos machadeiros (religioso). Após o oferecimento de feijoada, começa a caminhada de cerca de cinco quilômetros até a mata de Ipanema. Sempre com muitas orações, agradecimentos e rituais em homenagem aos ancestrais, os machadeiros fazem a derrubada da árvore por volta das 10 horas da manhã.

 Origem

De acordo Erlon Costa, mestre em Desenvolvimento Sustentável em Terras Indígenas (Universidade de Brasília), especialista em psicologia social pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), historiador e etnógrafo da puxada do mastro há 18 anos, a festa tem origem no século XVI, quando padres jesuítas estabelecidos na região, em tentativa de catequização dos indígenas, se apropriam de manifestação cultural nativa. Era a corrida de tora para disseminar elementos cristãos entre os indígenas aldeados.

“O processo de valorização desta história é importante para a cidade. Estamos trabalhando e apoiando o evento, resgatando a tradição, por entendermos que a riqueza desta história precisa ser preservada”, assegura o secretário de Turismo, Roberto Lobão.

Erlon Costa conta que sua história está intimamente relacionada à permanência e resistência dos indígenas Tupinambá de Olivença, que se utilizaram da festa para a manutenção de traços culturais fundamentais na luta pela afirmação enquanto povo indígena e demarcação de seu território.

O historiador destaca, também, que “no local onde a arvore é derrubada, denominado de Cepa, existe um misto de fé, devoção e sacralidade, onde indígenas reafirmam seus trocos familiares, refletem sobre a comunidade e repassam a tradição para os mais novos através do mastaréu; um mastro específico para as crianças que realizam ritual da mesma maneira que os adultos, desgalhando, descascando e puxando o tronco até chegar na primeira praia”.


Rui, Gleisi e a sucessão presidencial

Rui Costa

O governador Rui Costa tem uma posição diferente da presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, quando o assunto é a eleição para o Palácio do Planalto.

O chefe do Executivo baiano está pessimista em relação ao julgamento de Lula no Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF-4), com sede no Rio Grande do Sul.

A parlamentar, acusada pela Procuradoria-Geral da República de ter recebido R$ 1 milhão em propina para a sua campanha ao Senado, aposta na candidatura de Lula.

Gleisi descarta o Plano B, a substituição de Lula por outro nome do PT, em decorrência de uma eventual condenação e, como consequência, a inelegibilidade do petista-mor.

“Mesmo que seja condenado, o PT não vai recuar da decisão de lançar Lula como candidato. Estamos trabalhando com o Plano Lula”, diz Hoffmann, desafiando a Lei da Ficha Limpa.

“O governador terá um candidato para a presidência da República, e no momento exato nós iremos definir esse candidato”, diz Rui.

Nas entrelinhas, Rui Costa, que vai disputar o segundo mandato, aconselha o PT a pensar no plano B, seja com Jaques Wagner ou Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo.

Só resta agora esperar a decisão do Tribunal, que caminha para dar uma sentença desfavorável ao ex-presidente, o primeiro colocado em todas as pesquisas de intenções de voto.

Poucos se salvam

Deixando de fora os bons homens públicos, infelizmente uma minoria dentro de um gigantesco lamaçal, o título acima diz respeito aos valores éticos e morais.

É evidente que não se trata de dinheiro, patrimônio, privilégios, mordomias, enfim, tudo relacionado com as benesses inerentes ao poder.

Perderam a vergonha. E esse “não tô nem aí” decorre da certeza de que o eleitorado, na sua grande maioria, tem memória curta, esquece facilmente das malandragens dos políticos.

E eles, os políticos, terminam assassinando moralmente uns aos outros quando admitem que fariam a mesma imundice se estivessem no lugar do colega.

É impressionante como agem, se comportam e fazem suas estripulias sem receio de nada e sem nenhum tipo de constrangimento.

A disputa entre Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, e Henrique Meirelles, ministro da Fazenda, vai terminar jogando mais lama no já apodrecido processo político.

Maia (DEM) e Meirelles (PSD) querem ser o representante do chamado campo ideológico de centro-direita na sucessão presidencial.

O deputado Danilo Forte, do DEM cearense, já deu sua primeira estocada em Meirelles: “Como ele quer ter uma política fiscal eficiente e fazer parte do balcão de negócios da política?”

Pois é. Pelo menos o parlamentar não está mentindo. A política virou mesmo um toma-lá-dá-cá vergonhoso, uma nojeira cada vez mais fétida.

A prostituta entrega o corpo em troca do pagamento, até mesmo para sobreviver. Os políticos vendem a dignidade e, muitas vezes, com o dinheiro dos cofres públicos.

Querem se prostituir? Tudo bem. Problema de cada um. Mas faça com o dinheiro particular, não com o do povo brasileiro.

Ou juntos ou engolidos  

Alice Portugal, Félix Júnior, Lídice da Mata

É incrível como o PT, com o aval do governador Rui Costa, trata os aliados PSB, PCdoB e PDT. Parece que essas legendas não tiveram nenhuma importância na eleição do chefe do Executivo.

O morador mais ilustre do Palácio de Ondina não perde a oportunidade de desdenhar de socialistas, comunistas e pedetistas.

Quando o assunto é a composição da chapa majoritária, a frieza do petista-mor com os “companheiros” fica evidente, salta aos olhos.

Essa indiferença de Rui já é conversa obrigatória nos bastidores do PSB, PCdoB e PDT. A revolta dos “patinhos feios” é cada vez mais intensa.

A prioridade do petismo é satisfazer os interesses do PSD do senador Otto Alencar, do PP de João Leão e se aproximar do PR do deputado Ronaldo Carletto. O resto que se dane.

Só tem um caminho para o PDT de Félix Júnior, o PCdoB de Alice Portugal e o PSB de Lídice da Mata: se juntar e tomar as decisões em conjunto.

O que é inaceitável são três importantes e históricas agremiações partidárias serem humilhadas e menosprezadas, jogadas na sarjeta nas negociações para compor a majoritária.

Ou se unem ou serão engolidas. Depois não adianta chorar o leite derramado.

A incoerência do PT

Ninguém entende o PT. Faz de tudo para associar o MDB dos irmãos Vieira Lima ao prefeito ACM Neto (DEM). Agora, de olho no tempo de televisão, quer se aproximar da legenda.

Os petistas vibraram com a declaração do vice-governador João Leão (PP) de que pode procurar o MDB para ajudar na campanha da reeleição de Rui Costa.

Na sucessão presidencial, o PT, com o aval de Lula, já conversa com o MDB de Alagoas, sob a batuta do senador Renan Calheiros, e com o do Ceará, sob o comando de Eunício Oliveira, presidente do Senado.

Ambos, Calheiros e Oliveira, foram os principais protagonistas do impeachment da então presidente Dilma Rousseff. De “golpistas” viraram aliados. Aliás, o tal do “golpe” já é coisa do passado.

A bola da vez é o MDB da Bahia, o MDB de Geddel Vieira Lima, do “bunker” de R$ 51 milhões, do mais ilustre preso da Papuda. O MDB de Temer, Moreira Franco, Eduardo Cunha, Jucá e outros.

Esse PT! Esse PT! Cada vez mais incoerente e adepto fervoroso do ensinamento maquiavélico de que “os meios justificam os fins”.


Feijoada do Tarik: uma década de tradição, glamour e alegria no Carnaval de Itabuna

André e Mauro estão entre as sensações do sertanejo universitário

Assim como o Carnaval Antecipado na avenida é um brinde para os foliões de Itabuna, a festa tem uma atração tradicional à parte: a Feijoada do Tarik, que chega à décima edição no sábado (20). O palco durante e após o almoço megachique será animado por um tripé que está entre as sensações do momento.

Direto de Salvador, a dupla André e Mauro, brilhando no sertanejo universitário; de Ilhéus, a banda Via de Acesso, trazendo um mix dos sucessos mais badalados hoje e sempre. Para completar, a turma itabunense da banda Book Azul, que traz criativas

releituras de hits brasileiros na cadência do pagode.

A banda Via de Acesso é prata do sul da Bahia

As entradas para a feijoada estão à venda no Hotel Tarik, na Home Beer e no Cadê Ingressos. No dia do evento, serão trocadas por pulseiras. O custo até esta quinta é R$ 90,00 (à vista) e R$ 95,00 (cartão de crédito); a partir de sexta-feira (12), é R$ 100,00 (à vista) e R$ 105,00 (no cartão).