Ex-PCdoB, Rosivaldo Pinheiro só quer partido aliado de Rui Costa

O economista Rosivaldo Pinheiro, há quatro meses desfiliado do PCdoB, revelou ao Diário Bahia que ainda não decidiu para qual sigla irá. Mas uma condição está definida: só marchará com uma legenda aliada da reeleição do governador Rui Costa. “Pelo meu histórico de luta, de vida, não tenho outro caminho. Até porque é um governador … Leia Mais


Presentão de Natal

Eduarda Anunciação, filha do saudoso Eduardo Anunciação, vai me presentear com o arquivo do inesquecível, polêmico e inquieto jornalista. Rascunhos dos seus escritos, crônicas, fotos, enfim, todo o acervo jornalístico guardado com carinho pelo papai, que ela tanto amava. Eduardo era meu primo preferido. Conversava com ele quase todos os dias e o assunto não … Leia Mais


PALMAS

  – PARA mais uma edição da campanha Natal Solidário Para Todos, desta vez uma parceria da Justiça do Trabalho com a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Itabuna. O Tiro de Guerra contribui com a coleta de doações, os órgãos públicos e clubes de serviço têm pontos para entrega de material, além do estande … Leia Mais


VAIAS

– PARA a continuação dos episódios de insegurança para profissionais que erguem a passarela sobre um trecho do Rio Cachoeira, no centro de Itabuna. Eles montam as peças numa altura considerável, sem os devidos equipamentos que evitariam um acidente. O flagrante, mais uma vez exposto nas redes sociais, reitera a cobrança de providências ao Ministério … Leia Mais


Zumba Brilliance promete esquentar sábado em Itabuna

Quem curte um ritmo cheio de energia, que ajuda a queimar umas boas calorias nessa alta estação, tem um destino certo neste sábado (2), em Itabuna. É o Zumba Brilliance, a partir das 15 horas, na avenida do Cinquentenário, nº 1302, térreo (antiga Indiana Veículos). O evento terá 120 minutos de dança, acompanhados por dois … Leia Mais


Ministério da Saúde certifica Hospital Escola em Itabuna

O Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães atende a pacientes de Itabuna e outros 168 municípios (Foto: Waldyr Gomes)

O Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna, receberá a certificação de hospital escola pelo Ministério da Saúde. A informação é da presidente da Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (FASI), Márcia Rodrigues, que estará em Brasília na próxima terça-feira (5), para a assinatura do protocolo, durante encontro com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, e o secretário de Trabalho e Ensino da Saúde, Roger Abdala.

Marcia disse que a partir da assinatura do protocolo, o hospital terá acréscimo de mais recursos para investir em pesquisa, na melhor oferta de serviços e também  no atendimento aos pacientes de Itabuna e dos 168 municípios pactuados.  O hospital já recebe estagiários da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Unime e Faculdade de Tecnologia e Ciência (FTC), mas segundo ela, não existe nenhuma contrapartida do Governo Federal.

“Com assinatura desse protocolo Itabuna se fortalece como um polo regional universitário, que é um projeto do prefeito Fernando Gomes e que se consolidar após  aprovação pela Câmara de Vereadores do município”, justificou a diretora da FASI.

Ela disse ainda que ao receber a certificação de hospital escola, o HBLEM se transformará em um importante centro de formação de recursos humanos e de desenvolvimento de tecnologia para a saúde pública em Itabuna. Lembra também que uma unidade do porte do Hospital de Base cumpre um papel fundamental na consolidação do SUS, no que se refere a média e alta complexidade.

Para concluir, a presidente da FASI reforça os avanços naquela unidade hospitalar e afirma que a saúde pública em Itabuna hoje vive uma nova realidade. “Temos incentivo e liberdade de ação aliados à sensibilidade do prefeito Fernando Gomes que tem um olhar especial quando se trata da saúde da população”.


Interbairros chega à final num confronto entre São Lourenço e Mangabinha

O palco das disputas finais será o Estádio Luiz Viana Vilho

Depois de quatro meses de intensas disputas, em vários campos de várzea e no Estádio Luiz Viana Filho, chega ao fim a maior competição de futebol amador do interior da Bahia, o Interbairros 2017. O campeonato, que é tradição em Itabuna, está na 19ª edição e movimenta torcidas de várias comunidades da cidade.

A grande final será sábado, 2 de dezembro, no Estádio Luiz Viana Filho. Às 13h30min, os times Pedro Jerônimo e Lomanto disputam o terceiro lugar. Já às 15h30min, Mangabinha e São Lourenço lutam pelo título. O troféu do Interbairros 2017 é uma homenagem ao desportista itabunense José Inácio (in memoriam). Ele era Servidor Público e fundou o Grapiúna Atlético Clube, além de ter atuado como atleta e árbitro.

O campeonato é promovido pela Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), através do Departamento de Esporte, e conta com o apoio da Secretaria de Administração, Associações de Moradores, 15º Batalhão da Polícia Militar e Guarda Civil Municipal. Este ano, o evento contou com a participação de 55 equipes e 1.380 atletas. Vale ressaltar que todo o material esportivo foi doado pela FICC.

Parceria com TV Cabrália

Uma parceria entre a FICC e a TV Cabrália/Rede Record permite que os jogos sejam transmitidos com exclusividade pela emissora. Além da cobertura com diversas matérias, os repórteres entram com flashs ao vivo nos dias dos confrontos.

Em paralelo, acontece o concurso Musa do Interbairros. Cerca de 50 candidatas realizaram a inscrição. Na primeira etapa, 28 foram classificadas e, desse total, 10 disputam o título. A TV Cabrália transmitirá informações sobre a final do concurso na próxima sexta-feira (1º), às 12 horas, no programa Balanço Geral.


Promoção contempla quase 30 mil professores e coordenadores na Bahia

As promoções estão condicionadas à matrícula e à frequência dos professores e coordenadores em um curso de capacitação

 

Por unanimidade, foi aprovado, na noite de terça-feira (28), no plenário da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, em Salvador, o projeto de lei encaminhado pelo Governo do Estado concedendo duas promoções para professores e coordenadores pedagógicos dos ensinos Fundamental e Médio. A medida vai representar um ganho médio de 14% para a categoria, até maio de 2019,  beneficiar 29 mil educadores e terá um investimento total de R$ 348 milhões.

A aprovação do projeto foi comemorada pelo secretário estadual da Educação, Walter Pinheiro. “Mesmo num momento em que a conjuntura econômica nacional está enfraquecida, o governador Rui Costa fez questão de encaminhar este projeto, numa medida que demonstra o compromisso do Governo do Estado com a Educação e o respeito ao trabalho dos educadores”.

O projeto prevê a reestruturação da carreira do magistério público dos ensinos Fundamental e Médio, com duas promoções para professores e coordenadores pedagógicos. O Governo vai antecipar o pagamento de 6% sobre o vencimento básico dos educadores, referente à primeira promoção, ainda este ano. O valor da segunda promoção será antecipado em setembro de 2018. O PL define que o vencimento inicial do magistério passa a ser de R$ 2.446,66, acima do Piso Nacional da Categoria (R$ 2.298,80).

Capacitação

As promoções estão condicionadas à matrícula e à frequência dos professores e coordenadores em um curso de capacitação, dividido em dois módulos. Os educadores precisam se matricular no primeiro módulo do curso para ter direito receber, este ano, a antecipação correspondente a 6% sobre seu vencimento básico. Ao final do curso, em maio de 2018, os professores serão promovidos para um grau imediatamente superior, dentro do mesmo padrão, com pagamento de cerca de 1% sobre o vencimento básico. Assim, a promoção vai integralizar um ganho médio de 7%.

O segundo módulo do curso iniciará em setembro de 2018, com a antecipação do pagamento da promoção de 6% sobre o vencimento básico para professores e coordenadores matriculados. Ao final do segundo módulo, em maio de 2019, os educadores recebem o correspondente a cerca de 1% sobre o vencimento básico e serão promovidos para um grau imediatamente superior, dentro do mesmo padrão. Assim, a segunda promoção vai integralizar um ganho médio de 7%.

Desta forma, os professores e coordenadores pedagógicos dos ensinos Fundamental e Médio terão um ganho médio de 14%, até setembro de 2019. Incidirão sobre o percentual todas as vantagens calculadas sobre o vencimento básico. Para fazer jus às promoções, os educadores deverão observar os critérios de frequência e aproveitamento dos cursos, conforme previsto no projeto de lei.

As promoções para a carreira do magistério público dos ensinos Fundamental e Médio foram resultado de negociações entre o Governo do Estado e representantes sindicais da categoria. Desta forma, as duas partes celebraram o acordo que resultou no projeto de lei aprovado pela Assembleia.


Nova era do cacau junta turismo, sustentabilidade e inclusão

Encontro em Salvador discutiu novidades para a cacauicultura (Foto: Mateus Pereira/GOV Ba)

Agregar e proporcionar o diálogo entre todos os agentes da cadeia produtiva do cacau foi o principal objetivo do encontro Bahia Cacau 2035, que aconteceu na última semana, no Hotel De Ville, em Salvador. O cultivo do fruto, que durante muito tempo teve sua imagem ligada ao coronelismo, é reinventado e atravessa um novo ciclo histórico de sustentabilidade, inclusão social e turismo. Estiveram presentes oito secretários de estado, Jaques Wagner (SDE), Jerônimo Rodrigues (SDR), Vitor Bonfim (Seagri), Vivaldo Mendonça (Sect), Geraldo Reis (Sema), José Alves (Setur), Josias Gomes (Serin) e o vice-governador João Leão (Seplan), representando o governador Rui Costa.

De acordo com Wagner , o papel do governo através das suas secretarias é dar apoio e sustentação àqueles que querem desenvolver uma cultura com tanta tradição na Bahia e que já foi a maior renda do estado. “O governador Rui Costa mantém a política de estimular a verticalização da cadeia. Somos o maior produtor de cacau do país e o Brasil é o único no mundo que consegue ir do fruto até o produto. Nosso objetivo é utilizar novas metodologias de plantio que melhorem a qualidade do cacau, verticalizando a produção para que o produtor possa ficar cada vez mais com o fruto do seu trabalho, no caso, o chocolate, que agrega muito mais valor que a amêndoa”, afirma.

O secretário Jerônimo lembrou que a Bahia já ocupa um espaço importante na cultura do cacau mas que ela precisa ir além da produção e exportação de amêndoas. “Nós queremos continuar vendendo amêndoa de qualidade, mas queremos entrar no mercado de chocolate também. Temos condições de clima, de solo, de mão de obra, de força de trabalho e de inteligência que se esforça para garantir uma muda de qualidade, resistente a doenças e pragas, além de um ambiente favorável para o turismo, o que faltava era conseguir um espaço em que todas essas forças, governo, indústrias, empresários, trabalhadores, movimentos sociais pudessem discutir o que temos de comum na cadeia do cacau. Por isso, esse encontro de hoje é tão importante”, diz.

Segundo Osanar Nascimento, agricultor e membro da Coopfesba (Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bacia do Rio Salgado e Adjacências) de Ibicaraí, a expectativa da cooperativa, que é responsável pela gestão da Bahia Cacau, 1ª fábrica de Chocolate da Agricultura Familiar da Bahia, é fortalecer a cadeia produtiva do cacau com um novo modelo de empreendedorismo na região cacaueira. “Aprendemos a conviver com a praga, mas queremos também aprender um novo modelo de trabalho com a lavoura cacaueira. Queremos a transformação não só da amêndoa, mas também dos nibs e do chocolate, agregar valor, aumentar expectativa de lucro do produtor, aquele que realmente faz todo processamento para adquirir uma amêndoa de qualidade “, afirma.

Lançamento da APL

Durante o evento, foi assinado protocolo de intenção para criação do Sistema de Arranjo Produtivo Local (APL) do Cacau e Chocolate pelo secretário Jaques Wagner (SDE), Adélia Pinheiro, reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Guilherme Moura, da Federação da Agricultura e Pecuária da Bahia (Faeb), Eduardo Bastos, da Associação Nacional das Indústrias Processadoras do Cacau (AIPC) e Milton Andrade Junior, do Sindicato Rural de Ilhéus (SRI). Já o secretário Geraldo Reis (Sema) anunciou oficialmente portaria conjunta Sema/Inema 03, que foi publicada no Diário Oficial do Estado, para beneficiar produtores do cacau cabruca. A portaria beneficia o produtor rural que poderá fazer um manejo adequado desse sistema, tendo em vista o aumento da produtividade de cacau na região sul da Bahia.

“Nenhum outro produto tem tanto significado para a Bahia quanto o cacau. Pensar na cadeia produtiva para os próximos anos é uma responsabilidade não só do governo, mas de todo o estado. Sou um otimista e gosto de olhar para o futuro. A cadeia está unida e o fórum chega em um momento oportuno quando o campo está fértil para ser semeado”, afirma o empresário, proprietário da marca de chocolate Costanegro, e atual presidente da Câmara Setorial Nacional do Cacau, Guilherme Moura.

Maria Cristina Vitória, secretária das Mulheres, da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura do Estado da Bahia (FETAG-BA), afirmou que apesar do momento vivido ser de desafio, é também de construção. “Temos como avançar cada vez mais e vivemos um momento de unidade. Precisamos de um trabalho voltado para nossos agricultores e acredito que isso vai acontecer através da políticas públicas que estão sendo desenvolvidas”.

Ineditismo

A cultura do cacau e o destaque na produção de chocolates gourmet, com alto valor agregado, produzido no Brasil (somente a Bahia tem mais de 30 marcas), fez o país ser escolhido para sediar a reunião anual da World Cocoa Foundation- WCF (Fundação Mundial do Cacau), em 2018. O evento definirá ações voltadas às parcerias público-privadas do setor cacaueiro internacional visando a sustentabilidade da cacauicultura em todo o mundo. O encontro, “Partnership Meeting” (Reunião de Parceiros), será realizado em São Paulo, de 23 a 24 de outubro do próximo ano,  com a participação dos países produtores e consumidores de cacau, o que renderá ao país convênio com benefício voltado à cadeia produtiva brasileira.


Câmara homenageia lideranças do candomblé pelo Dia da Consciência Negra

Homenageados receberam placas dos vereadores (Foto: Pedro Augusto)

A palavra resistência deu a tônica da Sessão Solene do Legislativo de Itabuna pelo Dia da Consciência Negra. Cinco lideranças do candomblé local foram condecoradas, na noite de segunda, 20, em virtude da luta pela liberdade de credo e em favor da cultura afro-brasileira. “É impossível formar uma sociedade justa e igualitária alimentando o ódio racial”, frisou Jairo Araújo (PCdoB).

Jairo e Aldenes Meira (PCdoB) homenagearam, com placas comemorativas, os religiosos Gildo Conceição, Carmelita dos Santos, Dêsdemona Dantas, Ruy Póvoas e, postumamente, Maria Luiza Clímaco. Os homenageados ressaltaram a força da identidade religiosa. “Temos uma religião resistente que ninguém vai destruir”, discursou a ialorixá Zueine Santos.

Outro tema da solenidade, levantado por Lula Dantas – integrante do Coletivo de Entidades Negras de Itabuna – tratou de igualdade racial. Em tom de cobrança, o movimento recordou a necessidade de se destinar recursos do Orçamento itabunense para o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial (Comprir), criado em 2016 por lei de autoria do Pastor Francisco (PRB).

O acesso do povo negro a políticas públicas no âmbito da Administração Municipal (Prefeitura e Câmara) foi cobrado por Egnaldo França, idealizador do Encantart e do PreAfro, projetos sociais que beneficiam moradores carentes. França argumentou que Itabuna ainda figura entre as cidades mais perigosas do Brasil no que diz respeito à violência contra a juventude negra.


Comerciante fica ferido após loja pegar fogo em Jussari

Um estabelecimento comercial sofreu um incêndio, em Jussari, na manhã desta segunda-feira (27). As chamas se alastraram rapidamente e chegaram a atingir uma casa que fica ao lado da loja de confecções. O dono da loja sofreu ferimentos e foi socorrido ao hospital.

Bombeiros de Itabuna foram acionados e deslocados para a a cidade. Até a chegada das equipes, moradores tentaram controlar as chamas usando baldes de água.

Ainda não se sabe o que provocou o incêndio.


Mutirão une Itabuna pela prevenção do diabetes

O atendimento será das 8 às 13 horas

Será realizada neste sábado, dia 25 de novembro, a 13ª edição do Mutirão do Diabetes de Itabuna, que faz parte do calendário da Federação Internacional do Diabetes e é considerado um dos maiores eventos de prevenção e tratamento da doença em todo o mundo. O modelo desse mutirão já foi levado a cidades, como Joinville, Ribeirão Preto, Petrolina, Belém e Curitiba.

Promovido pela ONG Unidos pelo Diabetes, Hospital de Olhos Beira Rio e Associação dos Diabéticos de Itabuna (ASDITA), o mutirão acontece no HOBR e na Praça Rio Cachoeira, a Cidade do Diabetes. Na área interna do Hospital de Olhos, haverá mapeamento de retina para detecção de retinopatia diabética, exame do pé diabético com triagem dos casos mais graves, exame do rim diabético com a equipe de nefrologia da Santa Casa, coração e tratamento a laser de retina, que terá continuidade após o Mutirão.

Na Praça Rio Cachoeira, denominada Cidade do Diabetes, serão prestados serviços de orientação e prevenção, como exames de glicemia capilar para detecção do diabetes, avaliação nutricional, cuidados com o pé diabético, utilização correta da insulina, monitoramento do diabetes em casa, direitos do diabético e atividades físicas com avaliação dos pacientes.

Kids e estrutura

O espaço Diabetes Kids terá atividades recreativas, sala de leitura e exames de detecção do diabetes em crianças. Estudantes da Uesc, Unime e FTC também atuarão como ações educativas.

A Prefeitura de Itabuna, além da estrutura e logística do evento, garantiu o tratamento dos casos detectados através do SUS. O Mutirão terá, ainda, a presença de artistas regionais, os terapeutas do riso e transmissão ao vivo do programa Balanço Geral da TV Cabrália/Rede Record, com Tom Ribeiro.

Mobilização

Eventos como Pedalada Azul, Aulão Azul, Exposição Novembro Azul no Shopping Jequitibá e Terminal Rodoviário de Itabuna e a campanha Luz Azul mobilizaram toda a cidade.

“Itabuna está mais azul do que nunca e pretendemos bater todos os recordes de atendimento em 2017”, afirma  o  idealizador e coordenador do Mutirão do Diabetes, Dr. Rafael Andrade. “Esse é um evento que envolve todos os setores da sociedade organizada e que tem como foco a prevenção através da informação e orientação”, diz.

Dr. Rafael lembra que as pessoas devem levar um documento de identificação com o Cartão SUS. O atendimento será das 8 às 13 horas.

 


A cassação de Fernando Gomes

 

Fernando Gomes

Pedido de cassação do mandato do prefeito Fernando Gomes no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) entra em fase final para emissão e divulgação de parecer da ministra Rosa Maria Weber.

O gabinete da ministra Rosa Weber (GAB-RW) recebeu na última quarta-feira, 22, precisamente às 16:53, horário de Brasília, o processo de número 0000401-12.2016.6.05.0027 para análise, validação e divulgação de parecer final.

Essa é a última fase do processo para revisão e considerações finais antes da publicação do parecer, sinalizando que a sentença sobre a permanência ou não do prefeito Fernando Gomes frente à prefeitura de Itabuna deve sair nas próximas horas ou dias.

Relembre o caso

O atual prefeito de Itabuna teve o seu registro de candidatura para a eleição de 2016 negado pela Justiça Eleitoral local por enquadramento na Lei da Ficha Limpa e constatação de inelegibilidade prevista no Código Eleitoral.

Gomes recorreu ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral), que deferiu decisão precária acolhendo seu recurso e ignorando completamente condenação por unanimidade no TCU (Tribunal de Contas da União), proferida às vésperas da apreciação do recurso de Gomes pelo plenário do próprio TRE.

Na sentença, o TRE da Bahia justificou a decisão alegando desconhecer qualquer condenação ou impedimento ao registro da candidatura de Gomes.

Por consequência, Fernando Gomes foi diplomado e empossado prefeito de Itabuna.

Diante da situação e do aparente agravo do TRE à própria Justiça Eleitoral, o MPE (Ministério Público Eleitoral) recorreu ao TSE.

O recurso do MPE foi reforçado com manifestação do PDT (Partido Democrático Trabalhista de Itabuna), que também integra a ação com o pedido de cassação do mandato do alcaide itabunense.

A decisão

A decisão está nas mãos da ministra-relatora Rosa Maria Weber, que tem em seu poder a manifestação do MPE, a sentença do TCU e todos os anexos referentes à inscrição do então candidato Gomes na eleição de 2016.

No mérito da questão, na letra fria da Lei, parece impossível o atual prefeito permanecer no cargo, pois seria uma afronta ao Código Eleitoral e à Lei da Ficha Limpa.

A permanência da decisão precária do TRE da Bahia, referente à validação da inscrição eleitoral e à concessão do atual mandato do prefeito, também poderia implicar em uma nova jurisprudência muito questionável, que traria recursos em cascata para o TSE.

O burburinho

Apesar das especulações, do burburinho na cidade e dos esforços incitando lobistas, articuladores de ficções da decisão, o parecer deve se ater exclusivamente às observações da ministra, de sua equipe de juízes auxiliares e assessores.

Mas, embora não haja nenhum clima para acolhimento de pedidos e manifestações de interessados lobistas em Brasília, devido aos últimos acontecimentos no combate à corrupção e toda a moralização da política em curso, não se pode prever a sentença.

Nova eleição

Enquanto isso, o município padece com tamanha indecisão e incerteza, aguardando com ansiedade o desfecho da questão, que pode resultar em nova eleição nos próximos meses.

Rui Costa versus ACM Neto 

O governador Rui Costa e o alcaide soteropolitano ACM Neto travam uma disputa para conquistar o apoio de prefeitos na sucessão do Palácio de Ondina.

Esse pega-pega se estende até para o campo jurídico, com a expectativa em torno do julgamento de Fernando Gomes no Tribunal Superior Eleitoral – TSE.

O gestor de Itabuna, depois de muita articulação política, ganhou o primeiro round no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Lá no TSE deve prevalecer o justo e o correto. O que diz a lei.

Os moradores de Salvador são os que mais se beneficiam desse confronto entre o petista e o demista. A cidade passa a ter “dois” prefeitos.

Rui Costa quer ser mais “prefeito” do que ACM Neto. Fica um de olho no outro. Se um faz uma grande obra, o outro quer fazer e vice-versa.

Agora, para contrapor ao “prefeito” Rui Costa, ACM Neto quer ser também “governador”. Se Rui tem a máquina estadual a seu favor, ACM Neto quer ter a federal a sua disposição.

O prefeito de Salvador espera contar com o apoio de Rodrigo Maia, colega de partido (DEM) e presidente da Câmara dos Deputados, para conseguir verbas para os municípios.

Maia é muito próximo de ACM Neto. Aliás, o que se comenta nos bastidores é que o político baiano é uma espécie de conselheiro do presidente do Legislativo.

Maia, por exemplo, é o responsável direto pela indicação de Alexandre Baldy para o cobiçado ministério das Cidades.

É bom ressaltar que um pedido de Maia ao presidente Temer é como se fosse uma ordem. A sobrevivência política da maior autoridade do país está nas mãos do chefe da Casa Legislativa.

Já disse aqui que Temer tem duas vigas de sustentação: Rodrigo Maia, como peça imprescindível na aceleração das reformas, e o ministro Henrique Meirelles (Fazenda) na condução da economia.

Que as coisas continuem nesse ritmo, com cada qual se esforçando para ser melhor do que o outro. O cidadão-eleitor-contribuinte agradece.

Cabe ao eleitor decidir se deixa Rui Costa mais quatro anos no cargo ou elege ACM Neto para seu lugar. Que a disputa não descambe para a incivilidade e o lado podre da política.

É o que todos os baianos esperam.

Estão mais ousados

A única esperança para acabar com a ousadia dos políticos, principalmente dos que têm mandato, é o Supremo Tribunal Federal – STF, instância máxima do Poder Judiciário.

Eles estão com a corda toda e cada vez mais acreditando na impunidade para deixá-los mais fortes e “imexíveis”, como diria o já falecido ex-ministro Magri.

A recente decisão da Assembleia Legislativa do Rio, contrária à prisão dos seus pares, é uma das dezenas de fatos que mostram que a Justiça perdeu para a política.

Ou o STF revê sua posição em relação ao que já foi decidido, colocando o Parlamento acima do preceito constitucional de que “todos são iguais perante a Lei”, ou enterra-se o Estado democrático de direito.

Eles, os senhores parlamentares, estão debochando de tudo e de todos, peitam a Lava Jato, desdenham da Polícia Federal e nem tchan para o Ministério Público.

Usam o corporativismo como um eficaz instrumento para a sobrevivência política e torná-los diferenciados em relação aos outros seres humanos.

Ou se acaba com os privilégios dos engravatados ou eles acabam com a credibilidade que ainda possui a Justiça perante o cidadão-eleitor-contribuinte.

Estão cada vez mais petulantes e soberbos. Que o STF assuma, urgentemente, a imprescindível missão de dar um basta nessa ousadia de desafiar a Justiça.

Do contrário, o caos, a anarquia e o salve-se quem puder.

Inferno astral

O senador Otto Alencar, presidente do PSD da Bahia, vive um verdadeiro inferno astral com sua legenda, que é um dos partidos do chamado “centrão”.

O centrão, que tem também o PP, PR, PTB e o PRB, é um grupo partidário de apoio condicional ao governo Temer. Ou seja, na base do toma lá, dá cá.

Otto, em pouco espaço de tempo, teve cinco políticos do PSD sendo denunciados: uma deputada estadual, três prefeitos e um ex-alcaide.

A parlamentar é Ângela Sousa, da nossa vizinha e irmã cidade de Ilhéus, acionada pelo Ministério Público Federal (MPF) por prática de crime de licitação.

Os três gestores são de Eunápolis, Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália, respectivamente José Robério, Cláudia Oliveira e Agnelo Santos. Todos do extremo-sul do estado.

Robério, Cláudia e Agnelo – os dois primeiros são casados – estão sendo investigados pelo Polícia Federal por fraudes em contratos que somam R$ 200 milhões.

O inferno astral ficou mais quente com Eduardo Alencar, irmão de Otto e ex-prefeito de Simões Filho, que teve seus direitos políticos suspensos por improbidade administrativa.

Como essas notícias já fazem parte do dia a dia da política, tudo vai ser rapidamente esquecido. Daqui a pouco são candidatos e novamente eleitos.

E assim caminha a humanidade. Ou melhor, a política brasileira.

O Busílis

Mais informações sobre o julgamento do prefeito Fernando Gomes no TSE acesse o blog O Busílis. (obusilis.com.br).


Solon Pinheiro aposta no PV para fugir da disputa com “medalhões”

Solon Pinheiro faz cálculos e considera a candidatura viável

O ex-vereador Solon Pinheiro, que há meses anunciou pré-candidatura a deputado federal, desistiu de aceitar o convite para retornar ao DEM e filiou-se ao PV. Ele revelou o motivo, em entrevista ao Diário Bahia: seria inviável disputar com os “medalhões” na sigla do antigo aliado ACM Neto. Afinal, deverão pleitear vaga em 2018 nomes como o ex-governador Paulo Souto, o deputado federal José Carlos Aleluia e Paulo Azzi, entre outros.

“Uma coisa é a gente disputar uma eleição difícil; outra coisa é disputar uma impossível. Até a militância que nos acompanha ia ficar desmotivada, em saber que estamos dando ‘murro em ponta de faca’. O Democratas, para eleger um deputado federal, deve ser no mínimo 70 a 80 mil votos. No PV, o projeto é diferente”, argumentou.

Pinheiro disse ter sido convidado pelo diretório estadual da legenda para sair candidato e considerou boa a proposta, diante do equilíbrio entre os potenciais dos adversários.

“A perspectiva é que o PV eleja deputados com 20, 25 mil votos. Aí, sim, se torna uma candidatura possível; difícil, mas possível. Isso vai deixar a gente motivado pra a campanha”, completou.

 Nome para fortalecer

Ele afirmou, ainda, ter recebido do diretório estadual a incumbência de fortalecer o PV na região sul da Bahia. “Nossa candidatura não vai ser um projeto pessoal, por vaidade, nada disso. É um projeto político e que tem o apoio do diretório”, reiterou, citando o deputado federal Uldurico Pinto, presidente estadual do PV, e o deputado estadual Marcell Moraes.

Questionado sobre possíveis divergências internas, já que o partido tem um vereador em Itabuna (Manoel Júnior), Solon Pinheiro foi, digamos, diplomático: “A gente entende que isso é normal. Política é disputa, é conflito, o que não pode haver é disputa de forma agressiva, sem respeitar o espaço do outro, isso jamais. Nossa ideia é chegar para tentar agregar”.


PALMAS

Rafael Andrade

– PARA o sucesso indiscutível do Mutirão do Diabetes, que chega neste sábado (25) à 13ª edição. Além dos milhares de atendimentos, há de se reconhecer a união de esforços pela causa. É cada vez maior o número de entidades que empenham apoio para esta mobilização ser tão crescente. O médico Rafael Andrade, idealizador do mutirão e maior entusiasta deste projeto, é merecedor de todo reconhecimento.

– PARA o trabalho da Polícia Federal, sempre com ações frutos de investigação aprofundada e com resultados certeiros. Nesta quinta-feira (23), por exemplo, o órgão deflagrou a Operação Laceronis, cujo intuito é punir desvios de recursos da educação em municípios baianos. A ação, em conjunto com o Ministério Público Federal e Controladoria Geral da União (CGU), cumpriu 67 mandados em Minas Gerais e na Bahia. Os municípios de Gandu, Jequié e Vitória da Conquista estão entre os alvos.

– PARA o trabalho de reciclagem desenvolvido por alunos do Colégio Estadual Félix Mendonça, utilizando pneus velhos, no bairro Vila Anália, em Itabuna. A escola é dirigida pela professora Rose Guerra e tem figurado entre as mais premiadas da Bahia.