Dois dias de projeto da Defensoria Pública da União em Ilhéus

Começa amanhã (5), às 8 horas, no auditório da Justiça Federal, o projeto itinerante da Defensoria Pública da União (DPU) – Defensoria para Todos. O evento segue até sexta (6) e está sendo realizado no município pela primeira vez. Com o tema ”Defensoria Pública da União e sua atuação na perspectiva da seguridade social”, a ação consiste na prestação de palestras, orientações jurídicas e esclarecimentos à população quanto à atuação da DPU e matérias ligadas a área de atribuição.

Durante os dois dias, o projeto acontecerá em quatro momentos. No primeiro, dia 5, será realizado no auditório da Justiça Federal (em frente ao Sac), Centro, até às 11h, e será dedicado aos servidores do município e de órgão ligados à área (assistentes sociais, psicólogos e advogado), com finalidade de capacitar servidores e agentes públicos para se tornarem multiplicadores das informações.

No mesmo dia, à tarde, das 14 às 17h, o projeto acontecerá na zona norte, na Associação Beneficente dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar da Bahia/Ilhéus (Arbs), Rua Santa Luiza, S/N, bairro São Miguel, para a população em geral. O objetivo é de que a população tenha conhecimento sobre a defesa dos seus direitos, sobretudo na área federal.

Já na sexta-feira (6), das 8 às 11horas, ainda no auditório da Justiça Federal, o público alvo serão os estudantes do 3º ano do ensino médio e do curso de serviço social, para o aprendizado necessário em temas como saúde, assistência e previdência social. E encerrando sua passagem pelo município, das 14h às 17h, o projeto será realizado na zona sul, no Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Sul, situado na Rodovia Ilhéus – Buerarema, km 01, S/N, Nossa Senhora da Vitória, também para a população.

Defensoria para todos – Lançado em março de 2016, o projeto Defensoria para Todos tem como objetivo a expansão dos serviços prestados pela Defensoria Pública da União, levando assistência jurídica, na esfera federal, a cidadãos de municípios brasileiros.  As linhas de atuação do projeto estarão relacionadas em “Atendimento ao público” e “Educação em Direitos”.  Em Ilhéus, a atuação será com “Educação em Direitos”, com atuação dos defensores federais André Ribeiro Porciúncula e Rosiris Oliveira da Costa Dias.