Duplicação da BR-415 e Ferrovia levam governador a Brasília



Parlamentares baianos, senadores e deputados federais participaram da agenda no Ministério dos Transportes (Fotos: Alberto Ruy/MTPA)
O governador Rui Costa, reunido com o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro

O governador Rui Costa passa a manhã em Brasília, para buscar um entendimento sobre uma das mais esperadas obras de infraestrutura da Bahia, a duplicação da BR-415 Ilhéus/Itabuna. A reunião foi com o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro.

O primeiro acerto é o agendamento de uma reunião no Tribunal de Contas da União (TCU) em até 20 dias, para entregar uma nota técnica. Detalhada, esta foi feita em parceria entre técnicos da Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Rui reafirmou o empenho do Governo da Bahia na solução para que a obra comece. “Eu volto a Brasília para irmos juntos ao TCU pedir a liberação da obra física, com o material técnico em mãos, respondendo aos questionamentos. Só os baianos sabem o que esta duplicação representa”. Segundo o governador, mais de 500 mil pessoas serão beneficiadas com a duplicação.

 Ferrovia Oeste-Leste

“Mesmo sendo uma obra federal, o governo da Bahia não abre mão de acompanhar de perto”, afirmou Rui ao explicar que o governo fez o estudo de viabilidade econômica da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) e entregou à Empresa de Planejamento e Logística (EPL), vinculada ao Ministério dos Transportes, para que seja feito o processo de concessão pública.

Ainda de acordo com o governador Rui Costa, há um compromisso do Ministério em encaminhar os processos junto à EPL, para realizar a audiência pública no mês de agosto. Isso já dentro do processo de preparação para o lançamento do edital de leilão.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *