Ilhéus perde dono do “Chocolate Caseiro”



Hans Schaeppi, empreendedor e pioneiro, contribuiu para tornar Ilhéus ainda mais famosa

Às 4 horas da madrugada desta quarta-feira (16), morreu no Hospital São Rafael, em Salvador, o empresário Hans Schaeppi, com 90 anos. Ele teve febre, estava na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), mas não foi divulgada a causa da morte.

De origem suíça, Schaeppi foi o fundador do “Chocolate Caseiro Ilhéus”, a primeira fábrica do ramo e que se tornou um dos ícones da cidade. Eram do empresário, também, o Ilhéus Praia Hotel e o Pontal Praia Hotel, ambos com atividades iniciadas na década de 1980.

Entidades ligadas ao comércio e à cacauicultura manifestaram pesar pela perda do empresário. “Pai do ‘Cacau do Nacib’ e da ‘Flor de Gabriela’, foi um empreendedor que apostou no futuro dos setores hoteleiro e industrial do sul da Bahia. Ilhéus deve muito a Hans – um filho de um suíço com uma baiana que foi muito mais baiano do que muitos nativos da Terra do Sem Fim”, afirma o jornalista Ederivaldo Benedito, assessor da Ceplac.

O corpo de Hans Schaeppi sepultado no final da manhã, na capital baiana.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *