PALMAS

José Delmo

– PARA o ator José Delmo, um dos mais brilhantes expoentes da dramaturgia sul-baiana. Seja em cena, seja pelos seus escritos, ele é sempre reverenciado. Uma das poesias mais citadas dele diz – e inspira –, sobretudo nesses tempos tão sombrios no nosso país: “Se não vigiarmos a vida/ eles escreverão a história/ e o futuro poderá neles acreditar. / Ainda bem que existe o artista/ que canta o povo/ suas dores e suas alegrias/ seus temores e sua fé”.

– PARA a providência tomada pela Prefeitura de Itabuna, que contratou uma equipe técnica para corrigir as falhas apresentadas na ponte Calixto Midlej Filho (a chamada ponte nova, do bairro Conceição). Há um bom tempo, motoristas se queixavam do impacto provocado por uma falha no asfalto, a provocar prejuízos com a danificação de peças nos veículos.

– PARA a recente sanção do projeto de lei que cria o Programa de Financiamento Preferencial às Instituições Filantrópicas e Sem Fins Lucrativos, intitulado Pró-Santas Casas. A proposta, apresentada pelo senador José Serra (PSDB) – foto, prevê a criação de duas linhas de crédito para hospitais e santas casas que atendem de forma complementar ao SUS. A medida representa um fôlego para as instituições que prestam tão relevante serviço Brasil afora.