Parentes mantêm contato e idosa doente virá do Rio de Janeiro para Itabuna

Tânia Maria está prestes a rever a família em Itabuna

 

Um dia depois da divulgação da notícia no site deste Diário Bahia, sobre a situação da itabunense Tânia Maria da Silva, que mora de favor no Rio de Janeiro, uma novidade: parentes entraram em contato com Nádia Pereira, a mulher que acolhe a idosa, de 63 anos. A carioca enviou e-mail, agradecendo pelo resultado alcançado e disse que ela própria acompanhará a senhora até a terra natal, para reencontrar a família.

No Rio de Janeiro, Tânia Maria perdeu o contato com as origens e, também, boa parte da memória, após sofrer um acidente. Desde então, conta com a solidariedade dos cariocas, incluindo integrantes da igreja que ela frequenta.

“Ela não se lembra há quanto tempo está aqui. Foi atropelada e esse mês quase sofreu outro acidente. Teve deslocamento de retina e perdeu uma das vistas por conta de um glaucoma. (…) Todos estão muito preocupados com a situação, porque ela está doente, tem pressão alta, e tem o desejo de rever a família”, detalhou Nádia, no primeiro contato com o Diário Bahia, num pedido de socorro.

 

Pelo que consta até então, essa história caminha para que sorrisos e abraços sejam devolvidos.