Presidente do PMDB em Itabuna fala em constrangimento geral após escândalo com Geddel

Antonio Cavalcante, no segundo mandato, representa o PMDB na Câmara de Itabuna (Foto: Arquivo)

O recém-eleito presidente do diretório do PMDB em Itabuna, vereador Antonio Cavalcante, disse esperar que a executiva nacional tome uma postura após o episódio envolvendo o ex-ministro Geddel Vieira Lima – investigado e preso.

“Mesmo que a gente não tenha tido envolvimento, respinga nos diretórios municipais, há um constrangimento geral para os filiados do partido”, declarou há pouco ao Diário Bahia.

Cavalcante disse que, apesar de o presidente nacional da sigla, Romero Jucá, ter afirmado tratar-se de um problema pessoal, é necessária uma reorganização da legenda. Ele espera que haja uma reunião da executiva nacional com a estadual, para tratar de todas essas questões.