Preso casal que tentou contra a vida de transexual

Luciano Gomes dos Santos, de 26 anos, e Jeane Dias da Silva Gomes, 27, tiveram os mandados de prisão preventiva cumpridos, na quarta-feira (10), por policiais da Delegacia Territorial (DT), de Macarani. A unidade é subordinada à 21ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Itapetinga.
O casal é acusado pela tentativa de homicídio da transexual Nati Mota, que é o nome social da vítima, ocorrida no dia 9 de outubro de 2016, na cidade de Maiquinique. Logo depois do crime, os dois fugiram do estado.

De acordo com o delegado Irineu Andrade, titular da DT/Macarani, a polícia recebeu informações de que o casal teria retornado à região, estabelecendo-se em Maiquinique. Confirmada presença deles, Jeane foi a primeira a ser presa, indicando que o marido estava escondido em Macarani.

“Com a prisão do casal e o interrogatório dos dois, a Polícia Civil encerrou as investigações relacionadas ao crime”, disse o delegado Irineu Andrade, que enviará à Justiça a conclusão do inquérito nos próximos dias.