Protesto pela morte de Ariana é realizado na porta do Fórum

Na tarde desta segunda-feira (25), familiares de Ariana Santos, 32 anos, e moradores do bairro Daniel Gomes realizaram um protesto na porta do Fórum de Itabuna. Ariana foi morta a tiros, na tarde de domingo (24), após um ataque realizado por criminosos naquele bairro. A mulher foi sepultada na tarde de hoje e, após o enterro, populares seguiram para o Fórum, onde a entrada não foi permitida.

Em meio ao pedido de paz, uma confusão ocorreu. Segundo o blog Verdinho, um pequeno grupo formado por adolescentes iniciou uma briga com uma jovem que passava pelo local. O que chamou a atenção de quem estava pedindo por Justiça foi o motivo da briga das menores. Segundo o pequeno grupo, a garota fazia parte de uma facção criminosa rival a delas. O fato de uma briga ligada ao crime ocorrer em meio a um protesto justamente contra a violência chocou as pessoas de bem que ali estavam. A Polícia Militar precisou ser acionada.

Manifestação no bairro

Na noite de ontem, moradores já tinham realizado um protesto, fechando algumas ruas do bairro, próximas à Igreja. Objetos foram incendiados no local, formando barreiras.

Medo

Moradores do Daniel Gomes relatam o medo de que novos ataques aconteçam. Com a guerra entre facções criminosas na cidade, é comum que revides entre bandidos rivais ocorram após ataques como o do dia de ontem.

Populares informaram à polícia que os tiros teriam sido deflagrados por bandidos do Zizo, o que acaba deixando a população de bem daquele bairro também em pânico, justamente por conta do receio de revide na área.

Investigação

A Polícia Civil está investigando o caso e já tem nomes de alguns dos suspeitos de terem participado do tiroteio. Estes criminosos estão sendo procurados.

O crime

Criminosos, em um carro prata, deflagram diversos tiros no bairro, atingindo cinco pessoas. Ariana Oliveira Santos, 32 anos, chegou morta ao Hospital de Base. Vinicius dos Santos Carvalho, 23 anos, foi atingido na nuca, Lucas Barbosa da Silva, 22 anos, foi atingido de raspão no olho; Cristiane dos Santos Pereira, atingida na cabeça; e Giovanni Freire Leo, 38 anos, foi atingido na perna.

Os feridos estavam em um bar da localidade, comemorando o resultado de um jogo de futebol do campeonato Interbairros, que tinha ocorrido horas antes.