Troca de comando no PTB: Charliane ocupa lugar de Azevedo

Charliane Sousa quer mulheres protagonistas na política

  

Capitão Azevedo deixa o comando do PTB

Os correligionários do PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), diretório de Itabuna, seguirão sob novo comando a partir de 2018. Em lugar de “bater continência” para um militar, o ex-prefeito Capitão Azevedo, eles atenderão às orientações da uma civil, a vereadora Charliane Souza. Ela foi convidada para o posto há três meses, após conversa com o deputado federal Benito Gama, maior liderança da sigla na Bahia.

O parlamentar expôs para o Diário Bahia, via WhatsApp as razões que o levaram a chamar a edil a assumir a condução da legenda. “O PTB na Bahia está passando por uma renovação e reconstrução política, em função da nova legislação aprovada no Congresso Nacional. Precisamos de engajamento e comprometimento com a orientação do partido. Charliane foi escolhida para construir esse novo tempo junto a outros companheiros em Itabuna. Vamos acompanhar essa reconstrução da unidade no município”, afirmou.

Benito Gama disse que vai acompanhar os rumos do PTB em Itabuna

Perguntado por que Charliane se encaixa melhor do que o ex-prefeito nesse perfil de reconstrução, Gama respondeu, digamos, com classe. Mas, ao mesmo tempo, deu sinal de que não inclui o ex-alcaide entre os pré-candidatos pelo PTB. “Azevedo é um grande líder popular, mas precisamos de um construtor de partido; inclusive candidatos a deputado”, justificou.

Mulher e juventude como focos

Segundo Charliane Sousa, o PTB tem dois focos importantes para se fortalecer, sobretudo a partir de 2018: a mulher e a juventude. Como é a única representante feminina na atual legislatura, ela entende que foi esse o principal motivo para ser convidada à nova missão. “Aceitei de imediato. O PTB está vindo forte com Taíssa Gama, presidente estadual do PTB-Mulher e secretária municipal de Políticas para Mulher, Infância e Juventude de Salvador”, relatou.

A vereadora sente que há uma carência de mulheres na política da cidade e pretende trabalhar, também, para sanar essa lacuna. “Em Itabuna, nós, mulheres, ainda estamos como coadjuvantes. Queremos trazer uma força para atrair as mulheres para a política; precisamos ser mais protagonistas. O PTB aposta forte na liderança feminina; então, eu estou muito feliz com o convite e espero representar o partido à altura”, argumentou.