TENHAM CONSCIÊNCIA! 


De mortandade bastam as provocadas pelo nosso presidente


Antonio Nunes de Souza*

Torna-se impossível se conceber, que estejamos tendo uma perda de mais de mil pessoas, diariamente, proveniente da endemia criada pela coronavírus!

Um número estarrecedor, que temos de admitir que graças a imprudências do povo, as contaminações se alastram de uma maneira brutal

É inconcebível o procedimento mais que irracional, de uma fatia substancial de pessoas que, ignorantemente, desobedecem as normas de precauções, provocando aglomerações, fazendo festas às escondidas com centenas de participantes de todas as idades, sem usar máscaras e outras formalidades higiênicas inteiramente indispensáveis!

O curioso de tudo isso é que percebe-se não se tratar apenas de pessoas pobres ou semi analfabetas, são pessoas de todas as vertentes sociais, econômicas e etnias, abrangendo até um número substancial de adeptos com formações universitárias, que estudaram, mas, não tem educação doméstica e nem o discernimento do procedimento nocivo que está cometendo!

Não se apercebem que, nessas reuniões, festas, praias, etc., estão passivos de contraírem os vírus e, consequentemente, levar para suas residências contaminações para seus pais, filhos, avós e outros pertencentes as suas famílias!

Estou, sinceramente, chovendo no molhado, pois, as pessoas coerentes, que se prestarem a ler essa crônica de alerta, certamente são sabedores desses fatos e concordarão comigo. E, se por ventura ela cair nas mãos dos desajustados e teimosos, talvez faça com que eles reflitão, passando a serem mais coerentes e menos transgressores!

De mortandade bastam as provocadas pelo nosso presidente, que estimula aglomerações, carrega crianças no colo sem estar usando máscara, tem um ministro da saúde inoperante, provoca centenas de óbitos por falta de oxigênio, deixou de comprar as vacinas em outubro do ano passado, recomendou o tratamento precoce com Cloroquina, que é um remédio para malária e, depois de tudo isso, ainda continua debochando da virose, que ele, impetuosamente, disse em bom e alto brado que tratava-se de uma gripezinha. Um desplante que fez o Brasil ser ridicularizado mundialmente!  

Vamos ajudar a fazer esses teimosos transgressores verem que estão completamente errados, pois, no momento o que temos de essencial é obedecer as determinações da Organização Mundial da Saúde que, seguramente, somente beneficiará a todos!

Creio que nem Deus está aguentando ver tanta falta coerência e abuso do livre arbítrio!


*Escritor-Historiador-Membro da Academia Grapiúna de [email protected]ot.com